Bolivar é o novo treinador do Barra FC; Patrício Boques assume como auxiliar técnico

Bicampeão da Libertadores como jogador do Internacional, Bolívar é o novo treinador do Barra FC. Junto a ele, soma força como auxiliar técnico Patricio Boques, ex-lateral de Grêmio, Vasco, Chapecoense, Figueirense, entre outros clubes. Os dois chegaram a Balneário Camboriú na noite de quinta-feira e já comandaram atividade tática nesta manhã de sexta-feira (6). Ambos estreiam pela equipe no domingo, às 15h, contra o Juventus de Jaraguá do Sul, pela nona rodada da Série B do Campeonato Catarinense.

 

O técnico Bolívar comentou sobre o primeiro dia de trabalho no Centro de Treinamentos do Pescador. O comandante espera que o Pescador possa apresentar um bom futebol na nona rodada da Série B do Campeonato Catarinense e sair com um resultado de Jaraguá do Sul.

 

“A expectativa é muito boa. Patrício e eu tivemos uma conversa com todo o grupo. Vimos um ambiente muito legal, bem agradável e ficamos muito felizes com o desempenho dos jogadores, com a estrutura do clube. A gente espera, neste último jogo turno, fazer um bom jogo e conseguir os três pontos.  Para depois, começar o segundo turno com o pé direito e conseguir nosso objetivo, que é a classificação para a semifinal”, destacou o General – como é carinhosamente apelidado pela torcida do Internacional.

 

Patrício Boques falou sobre a oportunidade na comissão técnica do clube de Balneário Camboriú e a expectativa do trabalho na equipe. O auxiliar destacou que este primeiro dia de trabalho foi bastante positivo, referendando as informações que eles tinham do Barra FC.

 

“Primeiro dia de trabalho foi muito bom. Já tínhamos informações de que a equipe tinha uma estrutura muito boa. Lógico que temos algumas coisas para colocar no time, pois temos nosso estilo de jogar. Mas devagarinho, não é com um ou dois treinos que vamos colocar isso. Tenho certeza que, com o tempo, vamos colocar para o grupo todo o que imaginamos de equipe e crescer juntos”, disse, completando na sequência:

 

“E tendo o objetivo de chegar lá na frente ou sendo campeão do segundo turno ou classificando pelo número de pontos, para chegar entre os quatro semifinalistas e subir para a primeira divisão. A caminhada é longa, mas temos potencial de chegar junto lá na frente”, destacou,

 

Este é o segundo trabalho da dupla no comando técnico de uma equipe. No primeiro semestre, com o União Rondonópolis, chegaram a semifinal do Campeonato Mato-Grossense. Os dois vão comandar o Pescador em 10 partidas na Série B Catarinense.

 

O Barra FC mantém em sua comissão técnica os auxiliares Mariel Eduardo Mees, Renato Gonçalves, o treinador de goleiros André Guimarães e o preparador físico Marcelo Margalho.